Conecte-se conosco

Saúde

4 Hábitos de higiene bucal que fazem toda diferença no seu sorriso

Publicado

em

Sem dúvidas ter um hábito de higiene bucal feito de forma correta é o segredo para se obter um sorriso radiante, por isso brevemente vamos falar sobre como os nossos costumes influenciam na autoestima e saúde bucal.

Ter uma boa higiene bucal deve ser um hábito iniciado desde a nossa infância. Manter os cuidados necessários com a saúde bucal, além de trazer benefícios como ter os dentes brancos e um belo sorriso, também é importante para manter o corpo saudável. 

Como fazer a higiene bucal de forma correta?

Você realmente sabe como fazer a higiene bucal de forma correta? Com a rotina corrida da maioria dos brasileiros, fica difícil manter os hábitos de higiene bucal, na pressa sempre acabamos pulando uma escovação diária.

Apesar de a frequência auxiliar a impedir que surjam problemas, isso pode acabar sendo prejudicial para o sorriso, por essa razão segue algumas dicas infalíveis para não deixar de lado a higiene bucal e ainda fazer impecavelmente sem precisar se atrasar nos compromissos:

  • Tenha sempre uma necessaire pequena ao lado;
  • Use cada produto na ordem certa;
  • Sempre escove os dentes após todas as refeições;
  • Tenha a escovação noturna como a principal.

Adiante vamos discutir de forma mais esmiuçada cada uma das formas para manter a saúde bucal em dia.

  1. Tenha sempre uma necessaire pequena ao lado

Quando organizamos os itens e levamos eles em qualquer lugar que estejamos é mais fácil se organizar, pois mesmo no trabalho ou na rua, podemos parar em algum lugar e dar aquela pausa de cinco minutos para escovar os dentes. 

Uma bolsa com mini itens de escovação já é o suficiente para mantermos nossa higiene bucal diária.

  1. Use cada produto na ordem certa

É necessário usar cada produto na ordem certa para a escovação sair perfeitamente bem, e qual seria esses produtos? Itens básicos como fio dental, pasta de dente, limpador lingual e enxaguante bucal. 

Por que seria necessário fazer a higiene na ordem? A resposta é porque o fio dental sendo utilizado antes dos outros itens tira todo o alimento que ficou preso nos dentes, ou seja, os mais difíceis de serem alcançados pela escova, após isso, a limpeza fica praticamente concluída. 

  1. Sempre escove os dentes após todas as refeições

Para manter uma boa higiene bucal é necessário escovar os dentes após todas as refeições, pois só assim não se formará placa bacteriana, além de prevenir outras doenças e problemas atrelados à saúde oral.

  1. Tenha a escovação noturna como a principal 

A noite é o momento que produzimos uma quantidade menor de saliva, a boca fica mais seca como consequência.

A proliferação de bactérias fica maior, e quando não escovamos os dentes nesse período, as chances de adquirir doenças bucais são bem maiores.

Então mantenha sempre os dentes limpos, principalmente à noite.

Quais são os hábitos de higiene bucal que fazem a diferença? 

O hábito de higiene bucal que faz a diferença sempre será uma escovação bem feita, e para que isso seja feito de maneira correta é necessário alguns cuidados específicos para cada caso.

Em caso de implante dentário é importante salientar o uso da escova interdental, da qual é capaz de remover qualquer acúmulo de alimento nos espaços entre os dentes. 

Ela complementa a limpeza já feita depois do uso da escova de dentes comum, gerando uma melhor qualidade na higiene bucal, e evitando qualquer chance da formação de placa bacteriana. 

Outro caso específico é o da faceta dental ou lente de contato que está na moda hoje em dia.

Os cuidados com a higiene bucal devem ser redobrados, pois são próteses adaptadas ao dente com pequenos desgastes e precisam ainda sim manter os hábitos como antes. 

Porém, assim como os dentes naturais mancham após consumir alguns alimentos que possuem corantes, com as facetas também ocorre o mesmo, logo o cuidado é ainda maior.

Por isso, todas as vezes que for fazer uso desses alimentos deve enxaguar a boca com água de imediato.

O mesmo vale para quem tem clareamento dental preço pode sair caro se não tomar os cuidados necessários. Então abuse da higiene bucal, ela faz a diferença no sorriso e na autoestima.

O que é preciso para uma boa higiene bucal?

Para uma boa higiene bucal é preciso alguns cuidados básicos que são simples, mas importantíssimos para mantermos nossa saúde bucal em excelente estado. 

Devemos escovar os dentes ao acordar e após todas as refeições. Usar um creme dental com flúor, uma escova de dente com a cabeça  pequena, cerda macia e haste lisa, fio dental, limpador lingual e enxaguante bucal sem álcool.

Segurar a escova em um ângulo de 45 graus com movimentos de vai e vem, da gengiva até a ponta dos dentes. Dessa forma não machucarmos a gengiva e conseguimos fazer a limpeza com o objetivo certo.

Isso não muda mesmo se utilizarmos aparelho, seja ele fixo, móvel ou aparelho ortodôntico invisível, que no qual vem em uma case, um estojo, em que você retira ao escovar os dentes e faz a sua higienização diária, o escovando com os cuidados passados pelo seu profissional. 

Toda higiene bucal é necessária para mantermos nossos dentes limpos, e nosso sorriso brilhante, causando uma boa impressão por onde passamos, mantendo uma autoestima elevada, pois os dentes são nosso cartão de visita.

Por isso cuide dos seus dentes, ainda mais se fizer o uso de aparelhos, pois o cuidado sempre é maior do que das pessoas que não o utilizam.

Faça valer a pena o dinheiro investido no seu sorriso, cuide do seus alinhadores invisíveis, do seu aparelho fixo ou móvel. Seus dentes são sua marca por onde você passar.

Como a higiene bucal pode te ajudar?

A higiene bucal pode te ajudar em vários aspectos da sua vida e o principal é na prevenção doenças bucais.

Cuidando da sua higiene você tem menor chance de adquirir doenças bucais como cárie, gengivite, periodontite, trazendo assim uma qualidade de vida gigantesca.

Prevenindo doenças bucais, você acaba impedindo o surgimento de outras doenças, pois muitos problemas cardíacos estão ligados a doenças bucais que se não tratadas podem gerar problemas mais sérios.

Outro fator importante em que a higiene bucal pode ajudar é a elevar a autoestima. Ter dentes brancos e bonitos é a principal causa para fazer com que as pessoas se sintam mais belas.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Continue Lendo

Saúde

Sangramento na gengiva: saiba as principais causas e tratamentos

Publicado

em

sangramento nas gengivas

O sangramento na gengiva pode parecer uma coisa comum. Isso porque, muitas pessoas acabam vendo essa região da boca sangrar na hora de escovar os dentes, de forma indolor, e acham que não devem se preocupar. 

Entretanto, esse sintoma pode não ser algo natural e deve ser um alerta para que você vá procurar um especialista, principalmente um dentista especialista em gengiva.

Deste modo, esse sangramento deve ser encarado como um sinal do corpo, que por sua vez pode estar alertando para problemas de saúde física e bucal. 

Portanto, confira a seguir as principais causas de sangramento na gengiva, bem como as doenças mais comuns que geram, além de entender quais são os tratamentos e prevenções. 

O que causa sangramento na gengiva?

Como já mencionado anteriormente, o sangramento na gengiva não é algo normal e nem natural. Dessa forma, ele pode ser causado por algumas enfermidades. 

Confira a seguir as principais doenças da gengiva que podem gerar sangramento no local.

  1. Gengivite

Normalmente, a maioria das pessoas que acabam tendo problemas de sangramento na gengiva, acabam tendo como causa a gengivite. 

Portanto, é importante saber que gengivite nada mais é do que um tipo de inflamação que se acomete na gengiva. Os sintomas mais comuns dessa enfermidade são o inchaço, vermelhidão ou sangramento, além de dor. 

Essa complicação pode ser causada devido ao acúmulo de bactérias no espaço entre o dente e a gengiva. Esses germes acabam se acumulando por excesso de comida ou falta de uma boa higiene bucal. 

Como conclusão, o problema pode ser tratado através de um dentista para gengiva.

  1. Falta de vitamina K

Essa vitamina, apesar de desconhecida por muitas pessoas, é essencial para o corpo, pois é um dos componentes na formação de coágulo no organismo.Dessa maneira, um dos sintomas causados pela falta dessa vitamina é o sangramento da gengiva. 

Porém, esse tipo de falta de vitamina só pode ser identificado através de exames e a análise de um profissional. Portanto, se a sua gengiva apresenta sangramentos, consulte um dentista especialista em retração gengival e faça uma avaliação. 

  1. Diabetes

Pacientes diabéticos podem apresentar sangramento na gengiva como um sintoma dessa doença em específico, pois, a mesma acaba interferindo na coagulação do sangue. 

Entretanto, apesar de não ser uma característica comum da doença, esse sintoma não deve ser ignorado, principalmente quando ocorre de forma reincidente. Dessa forma, é necessário procurar por um periodontista.

Tratamentos

Os tratamentos para o controle do sangramento na gengiva variam de acordo com a doença geradora.

Dessa forma, em casos de gengivite, um tratamento comum é realizar a limpeza do espaço entre o dente e a gengiva para retirar a bactéria, que é a grande causadora desse problema. 

Entretanto, para outras causas como a falta de vitamina ou no caso de diabetes, o que pode ajudar é no controle da doença e a ingestão da vitamina para a melhora da coagulação do corpo. 

Além disso, outras atitudes que podem ajudar no tratamento são uma boa higiene bucal e alimentação rica em vitaminas e elementos essenciais para o corpo. Isso porque, os bons hábitos são uma questão fundamental para a saúde de nossa boca.

Em resumo, saiba que se você estiver sentindo alguns dos sintomas, vá até um dentista emergência 24 horas  e solicite uma avaliação. 

Prevenção 

A melhor prevenção que ajuda a evitar o sangramento na gengiva é a boa higiene bucal e o reforço da escovação. Isso porque, ter uma higiene de forma correta pode prevenir não só o sangramento na gengiva, como também quase todas as doenças bucais. 

Isso porque, o ato de escovar os dentes faz um papel fundamental em matar bactérias, através de tirar todos os restos de comida que podem ficar presentes nos dentes, que causam o acúmulo delas, sendo o principal motivo de doenças, como: 

  • Cáries;
  • Placas bacterianas; 
  • Gengivite; 
  • Tártaro.

Vale lembrar que as doenças causadas pelas bactérias nos dentes podem causar diversos problemas graves, como a queda da arcada dentária. 

Em suma, atente-se a escovar os dentes no mínimo três vezes ao dia, sempre após as refeições, nunca esquecendo de passar fio dental.

Além disso, após a devida escovação e o uso do fio dental, para complementar a limpeza, você também pode fazer o uso de enxaguantes bucais. 

Não se esqueça de buscar orientação de profissionais dentistas, caso tenha dúvida sobre como escovar os dentes da forma correta, sem causar desgastes ou problemas dentários. 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Continue Lendo

Saúde

5 alimentos que fazem mal à saúde, mas pouca gente sabe

Publicado

em

[ad_1]