Connect with us

Destaques

Fãs de MC Sara acusam Lexa de plágio: “Só Depois do Carnaval”

Published

on

Nada passa oculto sob os olhos da internet. Foi dessa forma que os fãs de MC Sara estão levantaram uma polêmica no mundo do funk. Eles acusam Lexa de supostamente ter plagiado uma canção da morena, lançada há poucos dias.

O novo trabalho da esposa de MC Guimê se chama “Só Depois do Carnaval”, nome similar ao de Sara, que trabalha a música “Depois do Carnaval”. A diferença nos títulos é a palavra “só”, usada na música Lexa.

Os fãs alegam que além da semelhança no título, a temática envolvendo a história da canção é igual. Além disso, na linguagem técnica de melodia, os internautas afirmam que ambos os trabalhos são similares.

Como a música de Sara foi lançada em 17 de dezembro e o de Lexa, em 4 de fevereiro, os fãs da morena estão inconformados com tamanha proximidade.

Procuradas pelo programa ‘A Tarde É Sua’, da RedeTV, através do jornalista Alessandro Lo-Bianco, as duas cantoras deram suas versões sobre o caso.

“Recebi mensagens dos meus fãs dizendo que a Lexa me copiou. Eu acredito que seja uma coincidência muito grande. Não tem o porquê de eu copiar a Lexa e a Lexa me copiar… Eu admiro muito a Lexa” MC Sara, no A Tarde É Sua

Em nota ao programa da RedeTV, Lexa negou que tenha plagiado o trabalho da colega. Confira os dois clipes e tire suas conclusões.

Alessandro também pegou a opinião do músico profissional Jeferson Cunha que disse:

“Ambas as música são em 150bpm, que é a nova onda do funk, e ambas também misturam a batida do funk a levadas de carnaval. São semelhantes.”

Advertisement
Deixar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Celebridades

Luca Moreira entrevista a Banda Melim nesse sábado

Published

on

A 59 - Luca Moreira entrevista a Banda Melim nesse sábado

Sucesso entre o público brasileiro, os irmãos Diogo, Rodrigo e Gabriela Melim estão ganhando cada vez mais espaço na nova geração. Dono de hits como “Ouvir Dizer” e “Meu Abrigo”, eles vieram de estilos diferentes e em 2015, o amor pela música os uniu, surgindo assim a Banda Melim. Venham conhecer um pouco mais da história deles.

Como foi o primeiro contato de vocês com a música? Nossa família sempre gostou muito de música, quando eu e o Diogo éramos pequenos ganhamos um violão e um teclado, e assim foi com a Gabi pequena também, então já fomos crescendo nesse meio musical.

Sobre a criação da banda, de quem foi o primeiro passo? Acho que foi algo que os três sentiram vontade juntos. Uma vez a Gabi ia tocar numa festa, e a gente teve a oportunidade de subir no palco junto com ela, nesse dia recebemos muitos aplausos, a galera gostou bastante dos três juntos, e então começamos a pensar em montar a banda, e a Melim simplesmente aconteceu.

Nascidos na cidade de Niterói, o que vocês acham da força cultural que a cidade tem? A gente ama Niterói, ficamos sempre muito felizes quando temos a oportunidade de voltar a tocar na nossa cidade, é incrível a energia, a cidade está sempre de portas abertas para novos festivais e sons, acho isso incrível.

Antes da Melim existir, Diogo e Rodrigo tiveram um grupo de rock e pop no colégio, enquanto Gabriela seguia em carreira solo cantando samba; estilos diferentes do qual o grupo costuma seguir. Como foi essa época na vida de vocês? A nossa trajetória pré-Melim foi superimportante para a gente, nos ajudou muito, além de ter sido uma época muito bacana. Com o samba, eu passei por vários lugares, tocava em diversos bares do rio, até que fiz amizade com um parceiro que me levou para fazer shows lá fora, pela República Checa, África do Sul, depois em Miami, tudo isso com o Samba, o Rodrigo e o Diogo também tocaram em diversos lugares aqui no Rio com a banda deles, tudo isso nos ajudou a amadurecer muito. Ai, quando voltei para o Brasil comecei a amadurecer musicalmente, e como sempre gostei de outros estilos musicais, fui mudando meu repertório e compondo novas músicas fora do samba. Os meninos estavam me ajudando nisso tudo, até que percebemos que estamos com os etilos musicais muito próximos, já escrevíamos músicas juntos, tudo foi levando para se formar a Melim.

Como foi participarem do reality show musical “Superstar” e qual o significado desse grande passo na vida de vocês? Acho que o programa abriu muitas portas para a gente, foi incrível a nossa participação, o programa nos deu outra visão de um caminho para seguir, depois dele tudo subiu, continuamos a trabalhar muito, foi algo que jamais esqueceremos.

Sendo “Meu Abrigo” e “Ouvi Dizer” as músicas de maior sucesso, quais foram as inspirações que os levaram a fazer essas músicas? A gente costuma dizer que quando está disposto a compor tudo vira inspiração, mas a gente sempre tenta colocar em nossas músicas bons sentimentos, boas energias, queremos que a nossa leve coisas boas as pessoas.

Conte-nos um pouco sobre como foi fazer colaboração com Ivete Sangalo em “Um Sinal” e Sandy em “Eu Para Você”. A gente adora fazer parcerias, todas que já realizamos até agora foram muito legais e agregadoras, só temos a agradecer a Ivete e Sandy, pois além de nos tratarem super bem, foram parcerias super gostosas de realizar. Elas também nos deram diversas dicas sobre carreira. Estamos sempre ansiosos por parcerias, achamos muito legal mesmo quando isso ocorre.

Como definiriam o estilo musical do grupo? A gente gosta muito das mesmas coisas, então nosso som acabou de encontrando, costumamos usar o termo “good vibes” para definir o nosso som, porque traz bem o que queremos passar com as nossas músicas… amor, paz, coisas boas e também sobre os demais sentimentos que vivenciamos no dia a dia.

Continue Lendo

Celebridades

Claudia Leitte usará roupas inspirada em Capitã Marvel para uma ação inédita da Marvel Studios

Published

on

A 4 4 - Claudia Leitte usará roupas inspirada em Capitã Marvel para uma ação inédita da Marvel Studios

Única brasileira escolhida para uma ação envolvendo o filme, Claudia Leitte vai usar um figurino inspirado no uniforme da heroína em um dos dias da folia de carnaval. O traje está sendo desenvolvido especialmente para a ocasião e vai trazer referências de uma das personagens mais poderosas do universo Marvel e um dos filmes mais aguardados dos últimos tempos.

Ambientado nos anos 1990, Capitã Marvel, da Marvel Studios, estreia nos cinemas do Brasil no dia 7 de março. O longa traz uma aventura totalmente nova de um período nunca visto na história do Universo Cinematográfico da Marvel. O enredo acompanha a jornada de Carol Danvers e todo o enlace até que ela se torne uma das personagens mais poderosas do universo. Enquanto uma guerra galáctica entre duas raças alienígenas chega à Terra, Danvers se vê junto a um pequeno grupo de aliados para lutar e salvar o planeta da destruição.

Continue Lendo

Destaques

Bloco Casa Comigo 2019 vai celebrar o amor dos paulistanos pelo Carnaval

Published

on

A 3 1 - Bloco Casa Comigo 2019 vai celebrar o amor dos paulistanos pelo Carnaval

São Paulo casou com o Carnaval, e essa união foi muito além da quarta-feira de cinzas. Maior e mais animada a cada ano, a folia paulistana se organizou e passou a atrair públicos de outros lugares do Brasil. Fundado por um grupo de amigos em 2013, na Vila Beatriz, o Bloco Casa Comigo é um dos grandes protagonistas dessa retomada do Carnaval de São Paulo. Com o tema “São Paulo ❤ Carnaval”, a inspiração deste ano foi reavivar os sentimentos que motivaram a criação do bloco: o amor pela cidade de São Paulo e pelo Carnaval.

Depois de celebrar o amor como resposta para todo discurso de ódio no Carnaval 2018 com o tema “Hater, eu te amo’’ e um público estimado de 750 mil pessoas, o Bloco Casa Comigo celebra a união de São Paulo com o Carnaval de rua. “O nome Casa Comigo é uma brincadeira com vários fundos de verdade: é a gente enquanto bloco pedindo a cidade em casamento, é o casamento da folia com o amor, e também é um pedido de amor entre as pessoas, entre os foliões. E tudo bem se durar uma vida, ou se acabar na quarta-feira. Depois de sete anos, é lindo ver como a cidade se transformou, como se entregou de vez para essa paixão que é a folia. Então, esse ano vamos para a avenida celebrar essa união e esse amor de São Paulo pelo Carnaval”, ressalta Raul Cilento, vocalista e fundador do bloco.

“O Carnaval é a união dos diferentes, é um momento em que todo mundo é mais igual. E é dessa união que a gente fala. Um célebre paulistano e que amava Carnaval, Oswald de Andrade, escreveu que só a antropofagia nos une. Podemos dizer também que só o carnaval nos une na nossa identidade nacional. E Casa Comigo é o mais poderoso pedido de união”, complementa Raphael Guedes, produtor cultural e também um dos fundadores do bloco.

Para fazer essa celebração à altura do amor e da grandeza da cidade, os fundadores do bloco Raphael Guedes, Raul Cilento, Fernanda Toth e Marcel Mangione convidaram um grande ícone de São Paulo para participar da composição e gravação da música-tema deste ano, os Demônios da Garoa. O grupo ainda se apresentará no desfile do bloco, que conta também com a presença da cantora Mariana Aydar, que participará pelo segundo ano consecutivo.

Este ano, pela primeira vez, o Casa Comigo terá oficialmente uma madrinha de bateria. A convidada especial para estrear o título é a atriz e apresentadora Fernanda Paes Leme, que já marcou presença em outros desfiles do bloco. A concentração acontecerá às 11h, no número 432 da Avenida Faria Lima.

Continue Lendo

Bombando!