Connect with us

Celebridades

Luca Moreira recebe o produtor BË em entrevista exclusiva

Published

on

A 1 3 - Luca Moreira recebe o produtor BË em entrevista exclusiva

Uma das maiores revelações do pop nacional, o cantor  prepara novidades para esse ano. Cotado como uma das grandes apostas do segmento, o artista, que vem fazendo um ótimo trabalho autoral. Além de um EP, estão previstos lançamentos de diversas parcerias.

As novidades chegam após um ano agitado. Em 2018 lançou uma de suas faixas favoritas, o sucesso cobertor, que chegou acompanhado de clipe inspirado no universo da série “Stranger Things”, da Netflix. O projeto trouxe um trabalho visual poucas vezes realizado no Brasil. No mesmo ano, chegaram às plataformas as faixas “Você Sabe” e “Suar”, lançada em dezembro.

Como foi o início de sua trajetória no meio musical? Sempre digo que minha trajetória musical nasceu comigo, desde pequeno minha mãe dizia que eu só gostava de ouvir música e ficar andando em círculos pela sala dançando, e então aos 6 entrei para o coral da escola e daí nunca mais sai das aulas de canto. De fato, me joguei no mercado musical, produzindo minhas próprias músicas apenas há dois anos, mas em 2014 eu já estava fazendo videoclipes covers da Rihanna, Selena Gomez, que inclusive estão no meu canal do Youtube.

Nesse ano, está sendo previsto o lançamento de um novo EP. Além de futuras parcerias, existem alguma coisa que você possa adiantar sobre esse projeto? Claro, o primeiro EP vai ser composto das minhas músicas já lançadas, mas com uma repaginada e ritmos diferentes, e claro uma inédita.

O que te inspirou a lançar o single “Cobertor” em 2018? Cobertor é de fato uma das minhas músicas favoritas, compus ela completamente sozinho, e o clipe é um dos meus maiores orgulhos até porque é meu primeiro trabalho visual como artista independente.

Ainda sobre “Cobertor”, o videoclipe da música foi inspirado na série “Stranger Things” da Netflix. De onde veio a ideia de seguir o estilo do seriado? Eu já era apaixonado pela série, mas acho que isso veio do fato de eu amar muito o The Weekend e perceber que o jogo de iluminação, e as vibes sombrias eram parecidas com stranger things, então criei uma música com influências do The Weekend, uma pegada trap mais sexy, e com o visual inspirado em Stranger Things, o que combinou.

Como foi o lançamento de “Você Sabe” e “Suar” em dezembro? Você Sabe teve um clipe lindo produzido por dois amigos meus, e é a primeira música que eu canto que não é composta por mim, e sim por uma amiga também. Já Suar, eu escrevi ela e eu me inspirei bastante em Sua Cara da Anitta, já que eu também participo do processo de produção da música.

Durante esse EP que está para lançar, foram pensados vários projetos antigos como “Camarote Particular”, sua música de estreia em 2017. Como está sendo fazer esse resgate do seu início? Uma surpresa muito grande vai acontecer com Camarote Particular, porque é uma música muito querida pelo meu público, é a mais famosa de fato e como foi a primeira não tínhamos condições de trabalhar ela bem no mercado, então aguardem que algo vai acontecer em breve no camarote.

De onde veio o seu amor pela composição, e quais são suas inspirações na hora de criar uma letra? Composição nunca foi minha praia, desde pequeno gostava muito de cantar as músicas que meus artistas faziam e cantavam, apenas quando entrei na adolescência de fato que comecei com pequenas composições em cima de músicas de artistas que eu gosto, o que me facilitou a compor. Quem me inspira para compor demais é com certeza meu ídolo suprema Taylor Swift, que sabe fazer um pop como ninguém e um Country que só Deus para salvar nossas lágrimas, ela me dá muita força para focar nos meus objetivos, porque tudo que ela faz é IMPECÁVEL.

Com o nome verdadeiro de Breno Al Odeh, como foi que o nome artístico BĒ surgiu? Minha mãe me chamava de Bê quando e eu era pequeno, e na verdade é um apelido que usam só pra Bernardo, mas eu adorava, e ela também e acabou que a família pegou e usou a minha infância e vida toda, então marcou muito e ouvir alguém me chamar de Bê me dá a sensação e o conforto de estar em casa.

Antes de se iniciar na carreira de cantor, você estava indeciso entre um curso de publicidade e seguir na música. Se arrepende de não ter feito a faculdade na época? A faculdade estou terminada agora, mas apenas porque era algo que eu já havia começado antes de querer de fato tomar a música como foco da minha vida, então no fim desse ano inclusive estou concluindo ela.

Advertisement
Deixar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Celebridades

Rainha de Bateria Andréa Capitulino posa inspirada na ‘Fada dos Deuses’

Published

on

Rainha de Bateria Andréa Capitulino - Fotos: André F.Souza / Renato Cipriano - Divulgação

A empresária e musa fitness Andréa Capitulino, é a Rainha de Bateria Bicampeã do Carnaval de São Paulo, onde está indo para o seu terceiro ano consecutivo no posto pela escola de samba Acadêmicos do Tatuapé, à frente dos ritmistas da Bateria Qualidade Especial, comandada pelo Mestre Higor Silva.

Há exatos duas semanas que antecede o desfile oficial, Andréa protagonizou uma sessão de fotos Pré Carnaval, provando que está com tudo em cima e pronta para fazer bonito mais um ano durante o desfile de momo e assim tentar trazer o caneco do Tricampeonato para a sua agremiação da zona leste da capital paulistana.

Portando um look confeccionado pelo maquiador Anderson Natio, contendo uma elegante asas dourada, a beldade que estava no estilo ‘Fada dos Deuses’, teve como cenário de fundo para a sessão de fotos, a própria beleza do Sambódromo do Anhembi.

Com um corpo escultural e lindas pernas torneadas a mostra, Andréa ficou conhecida pelo famoso bumbum de coração, onde a beldade realiza sua preparação com as técnicas do Emagrecimento Orgânico e a Musculação do futuro.

“Estou muito ansiosa para o desfile e contando cada minuto para chegar o grande dia. Enquanto não chega eu vou curtindo os ensaios de quadra da Tatuapé, pois a energia da escola é incrível, muito mágica, e a comunidade se tornou a minha família, onde tenho um amor imenso por todos!”, declarou a majestade.

A Acadêmicos do Tatuapé no carnaval 2019, levará para a passarela do samba o enredo “Bravos Guerreiros: Por Deus, pela honra, pela justiça e pelos que precisam de nós”, que está sendo desenvolvido pelo carnavalesco Wagner Santos, e será a 5ª escola a desfilar na sexta-feira, dia 1º de março, durante a primeira noite dos desfiles do grupo especial.

Crédito das Fotos: André F.Souza / Renato Cipriano – Divulgação

Rainha de Bateria Andréa Capitulino - Fotos: André F.Souza / Renato Cipriano - Divulgação

Rainha de Bateria Andréa Capitulino – Fotos: André F.Souza / Renato Cipriano – Divulgação

Rainha de Bateria Andréa Capitulino - Fotos: André F.Souza / Renato Cipriano - Divulgação

Rainha de Bateria Andréa Capitulino – Fotos: André F.Souza / Renato Cipriano – Divulgação

Rainha de Bateria Andréa Capitulino - Fotos: André F.Souza / Renato Cipriano - Divulgação

Rainha de Bateria Andréa Capitulino – Fotos: André F.Souza / Renato Cipriano – Divulgação

Rainha de Bateria Andréa Capitulino - Fotos: André F.Souza / Renato Cipriano - Divulgação

Rainha de Bateria Andréa Capitulino – Fotos: André F.Souza / Renato Cipriano – Divulgação

Rainha de Bateria Andréa Capitulino - Fotos: André F.Souza / Renato Cipriano - Divulgação

Rainha de Bateria Andréa Capitulino – Fotos: André F.Souza / Renato Cipriano – Divulgação

 

 

Continue Lendo

Celebridades

Luca Moreira entrevista a Banda Melim nesse sábado

Published

on

A 59 - Luca Moreira entrevista a Banda Melim nesse sábado

Sucesso entre o público brasileiro, os irmãos Diogo, Rodrigo e Gabriela Melim estão ganhando cada vez mais espaço na nova geração. Dono de hits como “Ouvir Dizer” e “Meu Abrigo”, eles vieram de estilos diferentes e em 2015, o amor pela música os uniu, surgindo assim a Banda Melim. Venham conhecer um pouco mais da história deles.

Como foi o primeiro contato de vocês com a música? Nossa família sempre gostou muito de música, quando eu e o Diogo éramos pequenos ganhamos um violão e um teclado, e assim foi com a Gabi pequena também, então já fomos crescendo nesse meio musical.

Sobre a criação da banda, de quem foi o primeiro passo? Acho que foi algo que os três sentiram vontade juntos. Uma vez a Gabi ia tocar numa festa, e a gente teve a oportunidade de subir no palco junto com ela, nesse dia recebemos muitos aplausos, a galera gostou bastante dos três juntos, e então começamos a pensar em montar a banda, e a Melim simplesmente aconteceu.

Nascidos na cidade de Niterói, o que vocês acham da força cultural que a cidade tem? A gente ama Niterói, ficamos sempre muito felizes quando temos a oportunidade de voltar a tocar na nossa cidade, é incrível a energia, a cidade está sempre de portas abertas para novos festivais e sons, acho isso incrível.

Antes da Melim existir, Diogo e Rodrigo tiveram um grupo de rock e pop no colégio, enquanto Gabriela seguia em carreira solo cantando samba; estilos diferentes do qual o grupo costuma seguir. Como foi essa época na vida de vocês? A nossa trajetória pré-Melim foi superimportante para a gente, nos ajudou muito, além de ter sido uma época muito bacana. Com o samba, eu passei por vários lugares, tocava em diversos bares do rio, até que fiz amizade com um parceiro que me levou para fazer shows lá fora, pela República Checa, África do Sul, depois em Miami, tudo isso com o Samba, o Rodrigo e o Diogo também tocaram em diversos lugares aqui no Rio com a banda deles, tudo isso nos ajudou a amadurecer muito. Ai, quando voltei para o Brasil comecei a amadurecer musicalmente, e como sempre gostei de outros estilos musicais, fui mudando meu repertório e compondo novas músicas fora do samba. Os meninos estavam me ajudando nisso tudo, até que percebemos que estamos com os etilos musicais muito próximos, já escrevíamos músicas juntos, tudo foi levando para se formar a Melim.

Como foi participarem do reality show musical “Superstar” e qual o significado desse grande passo na vida de vocês? Acho que o programa abriu muitas portas para a gente, foi incrível a nossa participação, o programa nos deu outra visão de um caminho para seguir, depois dele tudo subiu, continuamos a trabalhar muito, foi algo que jamais esqueceremos.

Sendo “Meu Abrigo” e “Ouvi Dizer” as músicas de maior sucesso, quais foram as inspirações que os levaram a fazer essas músicas? A gente costuma dizer que quando está disposto a compor tudo vira inspiração, mas a gente sempre tenta colocar em nossas músicas bons sentimentos, boas energias, queremos que a nossa leve coisas boas as pessoas.

Conte-nos um pouco sobre como foi fazer colaboração com Ivete Sangalo em “Um Sinal” e Sandy em “Eu Para Você”. A gente adora fazer parcerias, todas que já realizamos até agora foram muito legais e agregadoras, só temos a agradecer a Ivete e Sandy, pois além de nos tratarem super bem, foram parcerias super gostosas de realizar. Elas também nos deram diversas dicas sobre carreira. Estamos sempre ansiosos por parcerias, achamos muito legal mesmo quando isso ocorre.

Como definiriam o estilo musical do grupo? A gente gosta muito das mesmas coisas, então nosso som acabou de encontrando, costumamos usar o termo “good vibes” para definir o nosso som, porque traz bem o que queremos passar com as nossas músicas… amor, paz, coisas boas e também sobre os demais sentimentos que vivenciamos no dia a dia.

Continue Lendo

Celebridades

Claudia Leitte usará roupas inspirada em Capitã Marvel para uma ação inédita da Marvel Studios

Published

on

A 4 4 - Claudia Leitte usará roupas inspirada em Capitã Marvel para uma ação inédita da Marvel Studios

Única brasileira escolhida para uma ação envolvendo o filme, Claudia Leitte vai usar um figurino inspirado no uniforme da heroína em um dos dias da folia de carnaval. O traje está sendo desenvolvido especialmente para a ocasião e vai trazer referências de uma das personagens mais poderosas do universo Marvel e um dos filmes mais aguardados dos últimos tempos.

Ambientado nos anos 1990, Capitã Marvel, da Marvel Studios, estreia nos cinemas do Brasil no dia 7 de março. O longa traz uma aventura totalmente nova de um período nunca visto na história do Universo Cinematográfico da Marvel. O enredo acompanha a jornada de Carol Danvers e todo o enlace até que ela se torne uma das personagens mais poderosas do universo. Enquanto uma guerra galáctica entre duas raças alienígenas chega à Terra, Danvers se vê junto a um pequeno grupo de aliados para lutar e salvar o planeta da destruição.

Continue Lendo

Bombando!